• c-facebook

© 2017 por REDE AGUAPÉ.

Ramsar lança materiais para Dia Mundial das Zonas Úmidas 2017

 

A Convenção sobre Zonas Úmidas, denominada Convenção de Ramsar lançou neste mês o site comemorativo ao Dia Mundial das Zonas Úmidas, celebrado no dia 02 de fevereiro. A página da internet www.worldwetlandsday.org conta com materiais de divulgação e relação de eventos para a data que foi criada para firmar a relevância da preservação áreas úmidas e seus recursos. Em 2017 o Ramsar tem como tema principal a importância das áreas úmidas para a redução de riscos de desastres.


Eventos pelo mundo


No site, o visitante literalmente entra em contagem regressiva para a data. Pode conferir informações sobre as áreas úmidas pelo mundo e conhece a campanha para a comemoração do dia mundial das Zonas Úmidas de 2017. Com a possibilidade de fazer o download gratuito, o internauta pode baixar artes para camisetas, banners para o dia Mundial das Áreas Úmidas e para o concurso de fotografias 2017, material informativo e conteúdos educacionais. 


Além de incentivar a divulgar a data o site possibilita que o internauta possa conferir se em sua região terá eventos comemorativos no dia 2 de fevereiro. A página também permite que organizadores inscrevam seu eventos no mural de forma gratuita. 


Pantanal - Maior Área Úmida do Mundo


*O Pantanal é a maior área úmida do mundo e lar de uma enorme diversidade de plantas e animais. 20 milhões de pessoas na América do Sul depende do bem- estar do Pantanal. Corresponde à planície inundável da Bacia Alto Paraguai e seus afluentes, com características que lhe conferem uma importância verdadeiramente global pelo ecossistema que constitui, pela regulação hídrica natural, pelo santuário que representa.


A Constituição Brasileira de 1988 declarou-o Patrimônio Nacional, a Convenção Ramsar reconheceu a parte boliviana como Área Alagada de Importância Internacional e a UNESCO atribuiu-lhe em 2000 o título de Patrimônio Natural da Humanidade. E numerosas organizações internacionais têm apoiado iniciativas destinadas a estudar e contribuir para a conservação do Pantanal. A criação de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN) e iniciativas de diversas organizações é outro sinal eloqüente da importância que essas entidades concedem ao Pantanal e à Bacia do Alto Paraguai. (*Texto extraído do artigo “Fortalecimento da participação social e o contexto de gênero para o gerenciamento de recursos hídricos na BAP”, escrito por Áurea da Silva Garcia)

 

Clique AQUI e confira o site worldwetlandsday.org

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload