Novo Coordenador Geral do MEC assume cadeira

 

Ao ser indicado para o cargo Felipe Felisbino (PSD) concedeu uma coletiva onde conta as prioridades para o exercício da função no Ministério da Educação. Veja a entrevista feita pela TVUnisul.

 

Nesta terça-feira o professor pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e suplente de vereador Felipe Felisbino (PSD) assume em Brasília o cargo de coordenador-geral de Educação do Ministério da Educação (MEC).

 

Professor há 23 anos e com funções públicas nos governos municipais de Carlos Stüpp e Manoel Bertoncini, bem como nos governos estaduais de Esperidião Amin e Paulo Afonso, tendo sido também secretário parlamentar durante o mandato do senador Geraldo Althoff, Felipe Felisbino chega ao MEC através de uma indicação feita pelo deputado federal Marco Tebaldi (PSDB). Ele vai substituir um profissional mineiro que acabou exonerado.

 

O tubaronense será incorporado à Coordenação-Geral de Educação Ambiental da Diretoria de Políticas de Educação em Direitos Humanos e Cidadania da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Ele vai atuar diretamente na reorganização de organogramas do MEC, o que na prática atinge uma comunidade formada por 151 mil unidades escolares públicas de ensino básico, 39 mil escolas particulares, 2,5 milhões de professores e, conforme o censo de 2015, 51 milhões de estudantes.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • c-facebook

© 2017 por REDE AGUAPÉ.